Registro Público: Confira as alterações

4f58f609 61a3 4ae6 81b4 D39bf053a95e - Contabilidade em Natal - RN | AZEVEDO CONTABILIDADE

Compartilhe nas redes!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Com o objetivo de simplificar os atos normativos de registro público de empresas, no dia 1º de Julho de 2020 entrou em vigor novas regras do DREI – Departamento de Registro Empresarial e Integração. De acordo com a nova Instrução Normativa do DREI, IN 81 de 10/06/2020 foram alterados e merecem destaque os seguinte itens: 

– Nome empresarial: Deixe de ser obrigatório a utilização da atividade da sociedade no nome empresarial, podendo ser utilizada qualquer palavra da língua nacional ou estrangeira em sua composição. 

– Transformação de associações e cooperativas: Seguindo a Jurisprudência do Superior Tribunal de Justiça e do artigo 2.033 do Código Civil, passa a ser possível a transformação de cooperativas e associações em sociedades empresariais. 

– Reconhecimento de firma / autenticação de documentos: Ficam dispensados de reconhecimento de firma e autenticação as cópias apresentadas para arquivamento nas Juntas Comerciais, desde que seus originais sejam apresentados no ato do protocolo para cotejo do órgão, ou caso seja apresentada declaração de autenticidade assinada por advogado, contador ou técnico de contabilidade. 

– Ampliação do Registro Automático: Os atos de constituição, alteração e extinção dos empresários individuais, EIRELI e sociedades limitadas deverão ser aprovados de forma automática quando forem utilizados os modelos de atos societários disponibilizados pelo DREI. 

– Quotas preferenciais com restrição de voto: Passam a ser admitidas quotas de classes distintas, de acordo com a definição em contrato social pelos sócios, podendo inclusive o direito de voto ser suprimido ou limitado, observando os limites da Lei 6.404/76. 

– Integralização do capital social na EIRELI: A integralização obrigatória do capital social nas Empresas Individuais de Responsabilidade Limitada – EIRELI passou a se limitar apenas ao valor relativo a cem vezes o salário mínimo estabelecido em lei. O valor que exceder o limite mínimo poderá ser integralizado em data futura.

 

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Compartilhe nas redes:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Captura De Tela 2021 07 26 Às 15.53.50 - Contabilidade em Natal - RN | AZEVEDO CONTABILIDADE

RENDIMENTOS DE YOUTUBER CONSIDERAÇÕES GERAIS – PESSOA JURÍDICA

A presente matéria tem por objetivo apresentar informações acerca da atividade de youtuber pela pessoa jurídica, no sentido da constituição, da possibilidade em ser Microempreendedor Individual (MEI) e quanto a tributação de receitas decorrente de operações no mercado interno e

45109e88 6a70 491a Aa48 E098d1030a58 - Contabilidade em Natal - RN | AZEVEDO CONTABILIDADE

Regimes tributários possíveis para sociedades de advogados

No texto de hoje falaremos sobre alguns regimes tributários  possíveis para as sociedades de advogados e a incidência de impostos e contribuições federais para as mesmas, conforme o regime tributário adotado.  SIMEI  Esse sistema só é possível para profissionais que

Ae382da3 7cdd 483a A845 0d9e688ae283 Contabilidade Em Natal Rn | Blog Azevedo Contabilidade - Contabilidade em Natal - RN | AZEVEDO CONTABILIDADE

Investimentos isentos de Imposto de Renda

Ainda existem muitos mitos sobre aplicações financeiras e impostos que afastam possíveis novos investidores. Muitos ainda se perguntam se serão obrigados a declarar Imposto de Renda (IR) sobre o que investirem. A resposta é depende, nem sempre!  Existem muitos investimentos

E468b212 14d4 499e Ba91 B720390a35a1 - Contabilidade em Natal - RN | AZEVEDO CONTABILIDADE

Transação excepcional de dívidas com a PGFN

Foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) a Portaria nº 14. 402/2020, de 17 de Junho de 2020. A publicação estabelece novas condições para a transação excepcional na cobrança de créditos administrados pela Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN). 

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
Com o avanço do Coronavírus e seguindo a orientação das…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top